Belém, sabado - 16 de fevereiro de 2019          
Home Currículo Som Diagnósticos Artigos Médicos Banco de Imagens Galeria de Vídeos Clipping Web Links Fale Conosco
Calculador de Idade Gestacional Novos Exames Ultra-Som 4D OSCAR Síndrome de Down Densitometria Óssea Translucência Nucal Diu Mirena
 
HBV- DNA Genotipagem
Identifica os 6 subtipos denominados de A a F, para determinação dos mutantes pré-core/core

Definição:

Identifica os 6 subtipos denominados de A a F, para determinação dos mutantes pré-core/core. Realiza-se a amplificação por PCR de dois segmentos virais e sequenciamento das regiões S. Também conhecido por sequenciamento de AgHBs.


Indicações:

Conhecimento da variabilidade genômica do VHB, pois a presença de mutantes pode induzir a infecção crônica.
HCV – RNA Detecção (Qualitativo)
Tem como objetivo detectar a partícula viral circulante. Com o emprego de primers correspondentes à região 5’NCR


HIV – Detecção (Qualitativo)
Tem como objetivo detectar o ácido nucléico do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) circulante


HIV- Carga Viral (Quantitativo)
Quantifica o número de partículas virais no sangue periférico, que define a carga viral


HBV- DNA Carga Viral (Quantitativo)
Quantifica o número de cópias virais na circulação sanguínea


HIV- Resistência aos antiretrovirais (Genotipagem)
Também conhecido pelo nome de teste da resistência, tem como objetivo detectar a presença de mutações no genoma viral.


HBV- Resistência ao Antivirais
Tem como objetivo detectar a presença de mutações específicas nos domínios B e C da DNA polimerase viral


HCV- Resistência ao Interferon
Amplificação da região NS5A do genoma viral pela técnica de PCR e sequenciamento para determinação do número de mutações


Análise de vínculo genético com pessoas falecidas.
Através do Estudo do DNA de parentes em 1º grau, podemos estabelecer vínculo genético com indivíduos requerentes de filiação. Esta perícia é comum em Ações de petição de herança cumulada com investigação de paternidade.


Prevenção de trombose profunda
Estudo da mutação do Fator V Leiden para verificação de trombose venosa hereditária


Prevenção a doenças cardíacas
Estudos mostraram que o aumento da homocisteína no sangue pode causar doenças cardiovasculares isquêmicas. Esses níveis elevados costumam ser causados por anormalidades genéticas das enzimas no metabolismo das pessoas.


Copyright 2006-2008 Todos os direitos reservados
Site mantido por Eduardo Nassar - Diretor da Clinica Som Diagnósticos - Clínica especializada em ultra-sonografia 4d (ultra-sonografia 3d em tempo real)
Conheça nosso glossário médico